Labels

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Agenda: ter ou não ter?

Você usa agenda? 📓

Olá, tudo bem?

Feliz 2017! Que tenhamos um ano de paz, saúde e trabalho.

Bem, conforme prometi no post anterior, hoje o nosso assunto é a AGENDA.
Temida por alguns e adorada por muitos, a agenda sempre é um objeto que gera dúvida todo fim de ano quanto a sua aquisição.

Ter ou não ter uma agenda?


Para professores e outros profissionais que dependem de prazos/datas/horários para a entrega/apresentação de trabalhos, a agenda é essencial.
Eu uso uma agenda para todos os tipos de compromissos: pessoais e profissionais, só assim centralizo tudo em um lugar apenas.

Ainda sou daquelas que amam as agendas de papel mesmo usando a Google Agenda no telefone celular. Essa agenda virtual me ajuda muito pois funciona offline e emite alertas na tela com antecedência avisando quais são os próximos compromissos ou eventos. Além disso, é possível definir uma cor para cada tipo de compromisso (digamos que seja um post-it virtual) e isso facilita a visualização mensal da agenda. Dá pra ter uma noção do dia que tenho mais ou menos compromissos.

Na agenda de papel, para destacar algo importante, faço uso das canetas marca texto e de post-it. Pode parecer algo trabalhoso mas como já me acostumei, tornou-se algo natural. Diariamente, antes de dormir, atualizo a agenda e assim que acordo faço a checagem do que tenho para o dia. Em anos anteriores usei agendas da Tilibra, mas em 2015 descobri as agendas da marca Pombo Lediberg e gostei muito dos espaços para anotações e da qualidade das folhas.

A agenda Pombo Lediberg para professores é excelente porque a divisão é feita colocando uma página para cada  dia, há espaço suficiente para anotações de telefones e e-mails e ainda conta com uma lista enorme de datas comemorativas do ano todo. Para não me perder, deixo colados os blocos de post-it na contra capa no fim da agenda para tê-los à mão quando precisar.

Como não existe agenda perfeita, como o modelo que comprei não veio com o elástico para manter a agenda fechada, fiz uma adaptação com um elástico que guardei de uma agenda antiga. Acho também que o espaço para as anotações nos dias de domingo é pequeno e às vezes tenho um domingo cheio de atividades como provas, passeios culturais, cursos de atualização e reciclagam etc. Também retirei de outra agenda o saquinho ziploc e adaptei com fita adesiva dupla face transparente para guardar algo importante numa situação de emergência sem correr o risco de perdê-lo. Mas como não é algo que aconteça sempre, consigo driblar porém deixo a dica ao fabricante. Quem sabe em 2018 as agendas venham com os domingos com os mesmos espaços dos outros dias da semana, né...

Pesquisei na internet sobre dicas de uso da agenda e encontrei muita informação mas prefiro o meu basicão que até o momento está dando certo.

Vejo muitas pessoas usando planner e bullet journal mas isso é moderno demais para uma professora com a vida corrida com mil e uma atividades.

No início é muito comum pessoas comprarem agendas todos os anos e não usarem mas à medida que entramos nesse universo da organização pessoal e tomamos as rédeas e o controle da nossa vida, é muito fácil e prazeroso.

Não vivo sem a minha agenda. Todo fim de ano bate aquele desespero pra providenciar uma agenda para o ano seguinte.

Se ficou alguma dúvida? Tem alguma sugestão? Deixe o seu comentário no post ou encontre-me nas redes sociais. O link está no canto superior direito da tela principal do blog.

Um abraço!

Professora Ludmylla.

0 comentário(s):

Postar um comentário

Que bom que você vai deixar um recadinho!
Desde já agradeço e o quanto antes responderei.
Beijoca!

 
 
Blogger Templates